/ Astrologia

Peixes 2022: Silêncio e Concentração

O signo de Peixes tem a missão de realizar a integração da imanência com a transcendência na Cruz da Vida (Aquário). Para isso necessita, porém, antes realizar um Treinamento Mental, do qual fazem parte o Silêncio e a Concentração. Quem pode auxiliá-lo nessa importante missão é o signo de Virgem, seu oposto complementar.

Urge que a humanidade cesse seus suicidas hábitos autodestrutivos, 

que a Concentração no sagrado seja resgatada e que 

O Divino Poder do Verbo criador seja recuperado.

Último signo do zodíaco, Peixes representa tanto o que chamamos de Destino Maduro, um “beco sem saída” (confiram no filme Beco do Pesadelo) preparado pelo destino para que as situações cármicas sejam corrigidas e redimidas, como também a União com Deus, onde desaparece a separatividade. Portanto, Peixes sintetiza o binômio Separção-União.

No ano passado (Peixes 2021) detalhamos os enormes desafios desse signo (que se agravaram com o advento da Pandemia) para a manutenção da sanidade mental. A elevada tendência a estados mentais mórbidos, a contaminação psíquica e a atmosfera netuniana que no momento predominam no planeta geraram uma paranóia coletiva.

Os piscianos ou aqueles que têm esse signo proeminente no mapa (ascendente ou Lua em Peixes ou ainda muitos planetas nesse signo), têm uma inclinação natural para mergulhar em ilusões, perder-se em devaneios ou ainda adquirir hábitos auto-destrutivos, como os mais diversos tipos de vícios, tanto os grosseiros (álcool, fumo, drogas ou outras compulsões) como os sutis (pensamentos repetitivos, por exemplo).

Pedro, discípulo relacionado a Peixes, chamado também de “homem-onda”, dadas suas oscilações mentais e emocionais, representa bem a mente que turva-se com as águas das emoções, desencaminhando a Alma, que se perde em rotas de fuga.

A complacência com o maligno deforma o caráter.

O álcool esgarça as fibras da Vontade e entorpece a Consciência. Os entretenimentos, de todos os tipos, produzem vícios, letargia e alienação. A roda viva na Matrix, ou seja, a vida destinada a simplesmente gerar movimento na matéria, patrocina a morte da Alma.

O signo de Virgem, com sua enorme facilidade para estabelecer prioridades e seu senso de urgência, tem a tarefa de convocar Peixes para a transcendência através do Serviço Amoroso ao próximo, realizado com método e com a Mente treinada para discernir o verdadeiro do falso.

O Cristão Místico é capaz de aliar o melhor de Virgem (razão analítica) com o melhor de Peixes (abnegada devoção ao sagrado). A parceria entre Virgem e Peixes estabelece uma aliança entre a Mente Lúcida e o Coração Abrasado de Amor

O Cristão Místico está crucificado na imanência (eixo horizontal da cruz) e também sintonizado com a transcendência (eixo vertical da cruz). Com o foco no Serviço, discernindo o que é essencial e necessário (Virgem) e mantendo-se a sintonia com o sagrado (Peixes), é possível realizar essa integração.

No Arcano A Força observamos a relação entre Leão e Virgem. O intelecto disciplinado e treinado (Virgem), que adquire o controle da criatividade (Leão), faz de todos os acontecimentos da vida uma eterna reconstrução, onde o conhecimento aplicado fabrica o Céu na Terra e a Vontade do Pai se manifesta entre nós. Para isso faz-se necessária a atenção plena no momento presente. O responsável pelo desenvolvimento dessas qualidades anímicas é o planeta Mercúrio.

Mercúrio exige silêncio para treinar as habilidades de atenção e observação.

Regente de Virgem e Gêmeos, o planeta Mercúrio reúne qualidades solares e lunares, direcionando a imaginação criativa e trazendo a Consciência da Realidade Espiritual nos fenômenos manifestados na matéria. 

Mercúrio bem desenvolvido (bem aspectado ou investindo na redenção de maus aspectos) paira sobre as águas das emoções e promove o treinamento mental, indispensável para que o signo de Peixes exerça o seu melhor.

Cristo apazigua as águas.

Quando Peixes consegue silenciar as águas turbulentas e ruidosas das emoções,

 cria e habita com maestria e regozijo o espaço interior da solidão, 

onde a Alma é capaz de alcançar a libertação.

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X