/ ARTE

Mas não pode ser só isto- Stalker

“Se quiser perdurar, a arte deve mergulhar profundamente em sua própria essência” Andrei Tarkovski

Agora o verão se foi

E nunca devia ter vindo.

No Sol está quente

Mas não pode ser só isto.

Tudo aconteceu,

Nas minhas mãos tudo caiu,

Corola de cinco pétalas,

Mas não pode ser só isto.

Nada de mau se perdeu,

Nada de bom foi em vão,

À luz clara ilumina tudo

Mas não pode ser só isto.

A vida me recolheu

Sob a sua asa intacto,

Sempre a sorte do meu lado,

Mas não pode ser só isto.

Nem uma folha queimada

Nem uma vara quebrada…

Claro como um vidro é o dia,

Mas não pode ser só isto.

Arseni Tarkovsky

Poema de Arseni Tarkovski | ‘Stalker’

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X