Gêmeos 2022- Rumo ao Elixir da Vida

Por ser o signo do movimento, Gêmeos tem enorme capacidade de dar mais Vida à vida. Entretanto, normalmente desperdiça esse talento enquanto, no decorrer dos anos, leva uma vida errante e de escassez de laços afetivos consolidados.

Estamos com o Sol transitando em Gêmeos e permanecemos com a forte influência de Netuno, localizado atualmente em Peixes, signo que faz uma quadratura natural com planetas em Gêmeos. Esse cenário nos deixa mais propensos a ilusões, a confusões e à perda de foco no que realmente importa. A fim de evitarmos a dispersão exterior e direcionarmo-nos à conquista das terras interiores da Alma, ao Elixir da Vida, urge praticarmos com mais atenção e seriedade a faculdade do Discernimento.

 Gêmeos: a Consciência em Movimento.

Por ser o signo do movimento, Gêmeos tem enorme capacidade de dar mais Vida à vida. Entretanto, normalmente desperdiça esse talento enquanto, no decorrer dos anos, leva uma vida errante e de escassez de laços afetivos consolidados. Isso é fruto de uma consciência fragmentada. Gêmeos tece com facilidade, e persuasivo malabarismo retórico, uma “colcha de retalhos” muito colorida mas frágil, sem consistência. 

O atual momento é propício para o estudo da carta A Torre (livro: Meditações sobre os 22 Arcanos Maiores do Tarô). Tudo o que não é edificado com bases sólidas, alicerçadas no Bom, no Belo e no Verdadeiro, transforma-se em Torre de Babel e, portanto, está fadado ao desmoronamento. Paradoxalmente, a ruína pode ser uma benção, pois o falseamento da realidade pautada em conveniências e aparências, tem os dias contados e certamente desmorona. É quando temos a chance de despertar para o Elixir da Vida. O autor desse livro nos ensina:

A Vida é Dom, Benção e Missão.

A estagnação em qualquer área da vida é sinônimo de morte. Para dar mais Vida à vida devemos otimizar a maravilhosa qualidade de Gêmeos: fluxo e movimento. Assim, é necessário harmonizar o intercâmbio entre o mundo exterior com o mundo interior da Alma

 Lembremos que Gêmeos está presente em algum setor do nosso Tema Natal. Nessa área, devemos facilitar o movimento das relações, das trocas e da comunicação entre os elementos disponíveis na realidade.

A casa onde Gêmeos se encontra, bem como os planetas nele situados, ou localizados na Casa 3 (sua casa natural), merecem ser estudados, a fim de desvendar os mecanismos mercuriais que facilitam, ou dificultam, o fluxo da Vida. Normalmente encontramos mecanismos perversos, astutamente voltados para jogos de interesses exclusivamente pessoais.  

Há algo de podre no reino da Dinamarca, disse Hamlet.

Esse clássico de Shakespeare nos alerta e conscientiza sobre a necessidade de separarmos o joio do trigo (discernimento). Encoraja a dizer um Não Definitivo a tudo o que é iníquo, especialmente dentro de nós. Cláudio (que significa claudicante) é tio de Hamlet e  representa a humanidade. Cláudio é o rei usurpador do trono, ardiloso e perverso. Tal como Cláudio somos seres mancos, claudicantes, vacilantes e irresponsáveis, quando vibramos nas oitavas inferiores de Gêmeos. 

Após a Queda Adâmica a humanidade tornou-se claudicante.

Urge a tarefa de disciplinar a Mente e honrar as relações. 

A Casa 3, da Mente, é a casa onde tem início o encontro com o outro. Nos encontros temos a chance de penetrar na profundidade do Ser e regenerar o caráter. 

No encontro profundo e verdadeiro com o outro, encontramos Deus.

A reforma mental exige uma faxina para retirar os entulhos do pensamento. Todo o lixo acumulado pelo psiquismo e por pensamentos errantes diabolizam a existência.  Forças demoníacas produzem inquietação, ansiedade e logorréia (polifonia de vozes). A limpeza da Mente requer um método. Max Heindel recomenda atuarmos sobre o Corpo Vital, responsável por nossos hábitos. 

O hábito da devoção ao sagrado começa com a Consciência de que: 

Existimos unicamente devido ao fluxo e ao Milagre da Vida, ofertados por Deus.

A partir dessa Consciência inicia-se um processo de Metanóia, a mudança substancial e radical da Mente. Na Metanóia, o pensamento cristalino e santificado ocupa o lugar dos pensamentos materialistas e trevosos. A Metanóia já foi abordada em textos deste site. 

Nossa tarefa consiste em estudar e calibrar o planeta Mercúrio, regente do signo de Gêmeos. Um bom Mercúrio joga de maneira ética e equilibrada com os elementos da realidade, tendo como única finalidade a geração de movimentos vivificantes, que facilitam o fluxo da vida de todos os que o rodeiam e, portanto, contempla as necessidades de todos.

Um Mercúrio nas oitavas superiores é um verdadeiro Mago, 

portador do Elixir da Vida.

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X