/ Astrologia

Escorpião – O Sol acaba de ingressar no intenso e profundo signo

O Sol acaba de ingressar no intenso e profundo signo de Escorpião. Regido por Marte e por Plutão, Escorpião une inferno e céu. Enquanto o signo de Touro, diametralmente oposto, é responsável pela vida e pela integração, Escorpião está ligado a processos de morte e de desintegração.

O Sol acaba de ingressar no intenso e profundo signo de Escorpião. Regido por Marte e por Plutão, Escorpião une inferno e céu. Enquanto o signo de Touro, diametralmente oposto, é responsável pela vida e pela integração, Escorpião está ligado a processos de morte e de desintegração.

No ano de 2019, Joaquin Phoenix, como o protagonista do filme Joker (Oscar de melhor ator) reuniu importantes características do signo de Escorpião ao evidenciar a tragédia humana revestida de risos e ensinar o melhor desse signo: a capacidade de suportar a dor e de transformá-la em arte. No filme, após tragédias, Joker dança.

Nascendo no inferno, ambiente familiar de origem, e convidado a viver no pânico e no isolamento, que representam formas de controle por parte da sociedade em que vivemos, o personagem gradualmente se transforma em algo que ele cria a partir de si mesmo. Assim como Psiquê, do mito Eros e Psiquê, perde tudo, a partir do “nada” constrói a consciência de si e nos convida a refletir sobre a existência humana:

E se tudo na vida der errado?
Que bom!
A ficção deu errado

Essa ficção, bem esclarecida no filme Cidade das Sombras, se dá através dos papéis que desempenhamos na vida e nos afastam da nossa verdadeira essência. Esse afastamento do que realmente somos é desvelado pelo signo de Escorpião, o único capaz de realizar essa tarefa.

Com o advento da Pandemia, que estamos vivendo atualmente, faz-se indispensável a análise minuciosa dos papéis que desempenhamos na vida e como eles nos distraem e, ao nos distanciar da nossa essência, nos traem.

Apenas uma visão ampla e profunda, de águia, pode extrair o néctar dessa situação e transformá-la no elixir da vida. Nas atuais circunstâncias, isso não é apenas aconselhável, mas indispensável. Caso contrário a sanidade mental correrá sérios riscos.

Quem tem forte o signo de Touro, ligado aos tesouros terrestres,
deve investir em tesouros celestes,
Escorpião.  

Já é sabido que crises são oportunidades de criar-se. Para vivê-las plenamente são necessárias: a descida ao inferno, a pausa, a não reatividade e a volta ressurreta, com a reatividade transformada em proatividade.

No solo onde desponta o perigo, cresce também a salvação. Escorpião, ao penetrar na escuridão, suplanta as trevas, graças a uma característica que lhe é própria: a Radicalidade.

Nietzsche, libriano com ascendente em Escorpião nos ofertou uma chave:

Siga sua angústia, ela é o caminho rumo a si mesmo. 

Escorpião é também o signo do perdão. Na casa onde temos Escorpião no nosso Mapa Natal é importante o exercício do perdão, ou seja perdoar e pedir perdão. Entretanto, para que o legítimo perdão aconteça é necessário morrer para algo. Isso implica em, ao invés de guardar ressentimentos e de sermos reativos, fazermos o melhor que pudermos com aquilo que nos acontece.

 Somos convidados a praticar o perdão todos os dias. 

O perfeccionismo é um sinal de falta de perdão consigo próprio, o que se torna evidente fora de nós, na dificuldade de perdoar, pois assim como dentro, ocorre no mundo externo. A realidade exterior é somente um espelho da interior.

O orgulho, grande inimigo do perdão, que no caso de Escorpião é bem marcante e ao mesmo tempo oculto, fecha os nossos “poros”, tornando-nos impermeáveis e convictos, impossibilitando entrarmos em relação com o outro e cristalizando ainda mais o nosso orgulho.

A cristalização da alma se revela na indisponibilidade para a mudança e na inabilidade de habitar dentro de si, repercutindo na vida em forma de distrações, de necessidade de estruturas de segurança e levando à alienação da Vida.

Nas oitavas superiores porém, o Escorpião transforma-se em Águia. Solitária, a Águia busca o infinito das alturas e a eternidade do silêncio, representando a meta de todo o coração sincero dedicado à magia de curar. 

 Curar é devolver vida e movimento

ao tecido que estava morto, sem alma. 

O signo de Escorpião tem o dom alquímico de produzir o bálsamo alquímico, que cura a todos. 

A Fraternidade Rosacruz, escola dedicada ao conhecimento e ensino profundo do Cristianismo, bem como à cura dos enfermos, é uma “maternidade de Águias”.

Nosso Mestre, Cristo-Jesus ascende aos Céus como Águia Vitoriosa e profere o brado: Eu Venci o Mundo.

Meditemos sobre suas palavras nesse período em que o sol transita pelo signo de Escorpião:

Eu Sou a Ressurreição e a Vida

Quem crê em Mim, ainda que morra,

Viverá. 

No site da Fraternidade Rosacruz (fraternidaderosacruz.com.br) oferecemos a possibilidade de inscrição no Serviço de Auxílio de Cura. Serviço voluntário realizado por alguns membros dessa escola, auxiliados pelo plano espiritual.

QUE AS ROSAS FLORESÇAM EM VOSSA CRUZ!

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X