/ Cura Saúde

Alimentação: Base da Espiritualidade

Com o propósito de conhecer a si mesmo, e de individualizar-se, o Espírito habita temporariamente o Corpo Físico. Em sua jornada pela Escola da Vida, depende do Corpo para desempenhar suas atividades no mundo. A boa alimentação constitui um pilar fundamental para a edificação da Saúde Plena (Corpo, Mente e Espírito).

A alimentação equilibrada e racional é o pilar fundamental para a edificação da saúde. Entretanto, para a maioria de nós seres humanos, o desejo de comer supera o desejo de manter uma boa saúde. A palavra-chave para a boa alimentação é Discernimento, o qual é utilizado na escolha das fontes de nutrição.

A purificação do corpo depende de uma alimentação saudável e sem excessos. Alimentos pesados e indigestos sobrecarregam o corpo, prejudicando o livre-fluxo dos vasos sanguíneos.Um corpo maltratado do ponto de vista alimentar esgota e envelhece rápido. Max Heindel nos alerta:

Boa parte da humanidade cava o próprio  túmulo com os dentes.

Não há uma dieta perfeita e válida para todos, pois os seres humanos têm suas peculiaridades que variam conforme suas individualidades. Entretanto, recomendamos o Reino Vegetal como fonte saudável e inofensiva. O tema Alimentação encontra-se mais detalhado no livro Princípios Ocultos de Saúde e Cura, de Max Heindel, o qual elucida também o papel do Sangue, o Assento do Espírito.

O Espírito encarna com a finalidade de adquirir conhecimento na Escola da Vida, por meio das experiências que lhes são apresentadas pelo destino. Durante esse percurso, o estado de saúde resulta da ação inquestionável da Lei de Causa e Efeito, ou Lei de Consequência. A Lei é implacável. O destino é autogerado por nossas próprias escolhas. 

Mesmo os atos mais simples,e aparentemente inexpressivos, têm suas consequências. A indiferença e a negligência atrasam a evolução e produzem desarmonias na vida presente e na futura.

Quem planta vento colhe tempestade. Quem semeia ódio colhe guerra. Quem investe na má alimentação colhe doenças e sofrimentos. Erros e exageros acumulados, maus hábitos e vícios arraigados perturbam o equilíbrio e debilitam a saúde.

A Mente sempre alerta, percebe e reconhece as repercussões de tudo o que fazemos, pensamos e sentimos. Concentrada em ideias precisas e ideais elevados, evita distrações e divagações especulativas. Tolerância, compreensão e humildade mantêm a serenidade e permitem pensamentos solidários. A mesma atenção dada à Mente e à alimentação merece ser destinada às relações com nossos semelhantes e com a Natureza. 

Da mesma forma, que o Corpo Físico necessita de alimentos provenientes do mundo físico, os outros veículos também são alimentados de forma específica. A boa alimentação do Corpo de Desejos provém dos desejos de natureza nobre, artística e altruísta, bem como de sentimentos de louvor e de gratidão a Deus. A Mente necessita de pensamentos puros, banhados de amor pela Verdade. Já o Corpo Vital necessita do contato com a arte e do serviço amoroso e desinteressado ao próximo, para a sua sustentação.

A responsabilidade com a saúde é um dever. Podemos contribuir também com a saúde dos nossos irmãos se cultivarmos uma atmosfera amistosa, fraterna e com espírito jovial, onde quer que estejamos.

Veículos mais puros e sadios irradiam, com mais intensidade, a Luz do Espírito.

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X