/ Saúde

Mês da Conscientização Mundial Sobre o Autismo e Isolamento Social

Este mês é dedicado à campanha de conscientização sobre o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) , reúne desordens do desenvolvimento neurológico presentes desde o nascimento ou começo da infância, varia de leve a grave e tem como principais sintomas as limitações na comunicação (seja linguagem verbal ou não verbal) e na interação social, além de … Continuar

Este mês é dedicado à campanha de conscientização sobre o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) , reúne desordens do desenvolvimento neurológico presentes desde o nascimento ou começo da infância, varia de leve a grave e tem como principais sintomas as limitações na comunicação (seja linguagem verbal ou não verbal) e na interação social, além de comportamentos estereotipados, repetitivos e de limitações na gama de interesses.

Ora, atualmente (coincidentemente, ou melhor sincronicamente) também estamos lidando com o isolamento social imposto pelo aumento do CORONA VÍRUS, iniciado em um momento espiritual muito particular e importante que é a Páscoa que nos convida a introspecção e foco no desenvolvimento anímico pela ressurreição do Cristo em nós pela diminuição do eu-inferior e crescimento do Eu-Superior (Cristo Interno). A astrologia espiritual nos informa que estando sob o O Signo de Áries o momento é de semear o novo para posterior colheita conforme os ditames de Deus. Sementes de: amor a Deus, o amor a si e o amor ao próximo, conforme Cristo nos ensina por meio dos evangelhos.

Observando os sintomas do TEA, podemos identificá-los com certa recorrência em nossa sociedade em grande número de pessoas ainda que elas não os reúna em sua totalidade e portanto não figurem nas estatísticas como pacientes do transtorno. A necessidade repentina do isolamento social explicitou em muitos de nós tais características quando nos vimos impedidos do exercício de nossas atividades sociais corriqueiras, e acarretou a exacerbação da interação virtual ao que devemos dedicar especial atenção para resguardar o legítimo espaço das relações humanas presenciais.

Por outro lado, até mesmo o isolamento social por conta do Coronavírus, pode ser bem aproveitado para nossa evolução e cura de alguns males.  É uma oportunidade para  a auto-observação, portanto as distrações deveriam ser evitadas. Momentos de solitude e de interação com os nossos entes mais próximos que eram dificultados por nossa comum agora são convites que podemos aceitar ou rejeitar, mas que se acolhermos, com certeza nos trarão muitas surpresas. Aproveitemos esse período para corrigirmos nosso caráter, que é o principal fator determinador do nosso destino!

Estamos diante da possibilidade de interiorização, talvez inédita, nesta época santa do ano, em que lembramos de um Ser que se sacrificou por nós. Face as dificuldades que já constatamos ou que já podemos vislumbrar, Cristo é o maior exemplo de altruísmo que podemos ter nesta fase em que colhemos os frutos de nosso egoísmo através do sofrimento coletivo.

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.”
João 15:13
Que as Rosas floresçam em vossa cruz!
Por uma estudante

 

Sugestão de leituras:

O Conceito Rosacruz do Cosmos

Páscoa – Passagem e Libertação

Posts recentes

Categorias

Arquivos

Design por: Maurilio Souza | Programado por: Loooping

X